Como criar um blog passo a passo

como criar um blog passo a passo
4 min

Se chegaste até este artigo provavelmente estás interessada em saber mais sobre como criar um blog passo a passo. Hoje em dia criar um blog é um processo bastante simples, que pode estar concluído em pouco mais de 20 minutos. Mas isto é apenas a criação de um blog no sentido estrito da expressão, porque “criar um blog” é muito mais do que criar uma página numa qualquer plataforma de blogging.

Na minha ótica, criar um blog é uma forma de criar um negócio online e qualquer negócio exige profissionalismo e um trabalho de excelência para que tenha sucesso. Ainda mais numa altura em que a TODA a gente é criadora de conteúdos, é ainda mais importante que te diferencies de quem faz isto apenas por brincadeira.

Como criar um blog passo a passo

Escolher o nicho

A primeira coisa que te veio à cabeça foi “lifestyle”? Esquece! Se vais criar um blog do zero nesta altura do campeonato vais mesmo ter de te esforçar mais do que isso. Ter um blog de nicho é a única forma de realmente cresceres neste meio neste momento, por isso pensa um pouco melhor: que área realmente te apaixona? No que tens experiência ou dicas para partilhar com quem está do outro lado? O que é que ainda existe pouco, ou não existe, no mercado português?

Se precisares de uma ajuda lê o artigo “7 nichos de blog que dão dinheiro em Portugal”.

Escolher o nome

O nome pode parecer algo irrelevante, mas não é. Afinal de contas é a primeira coisa com que o público terá contacto e é importante que diga qualquer coisa sobre o projeto que está por detrás da marca. Pode ser relacionado com os temas que irás abordar ou contigo a nível pessoal. Lembra-te que é essencial que seja um nome fácil de memorizar e de escrever, para que os leitores te encontrem. Pesquisa no Google se o nome que escolheste já existe associado a alguma outra coisa ou não. Quanto mais único for melhor.

Escolher a plataforma

Neste guia para criares um blog passo a passo a primeira dúvida em relação à plataforma é: deves optar por uma plataforma gratuita ou avançares já para um alojamento pago? O alojamento pago é sempre uma grande vantagem, pois tens total liberdade e não terás de te preocupar com eventuais limitações no caso do teu projeto crescer. Neste momento o investimento é de pouco mais de 50€ por ano, um valor baixo se tencionas levar isto mesmo a sério. Onde recomendo que compres o teu alojamento: na Bluehost ou na WebHS. Se optares por uma plataforma gratuita, a melhor é a Blogger – lê aqui a comparação entre Blogger e WordPress.

Comprar o domínio

Mesmo que escolhas uma das plataformas gratuitas, aconselho-te a registares desde logo o domínio do teu blog. Existe todo um negócio à volta da compra e venda de domínios e, muitas vezes, quando um determinado blog ganha exposição e ainda não tem o seu domínio registado há quem o compre na esperança de depois o conseguir vender mais caro. Para evitar que tenhas o domínio ocupado na hora de o comprares,  certifica-te que escolhes um nome cujo domínio ainda existe e o registas desde logo – podes fazê-lo na WebHS.

Escolher o template/tema

Existem milhares de templates para blogs, seja qual a for a plataforma que escolhas para criar o teu. Há temas gratuitos, temas pagos, temas caros e temas bastante acessíveis. Há de tudo. Escolher o tema ideal faz a diferença na hora de fidelizar os leitores, já que a aparência e navegabilidade do blog têm um grande impacto. Não é porque escolheste um tema pago que, obrigatoriamente, vai ser melhor do que um gratuito. O que realmente importa é que o teu conteúdo se destaque e que todos os elementos que existam no teu blog sirvam para acrescentar valor e não para poluir visualmente. E já que estás a criar um blog passo a passo do zero, quanto melhor fizeres tudo desde o início melhores serão os resultados iniciais.

Vê aqui os temas gratuitos WordPress de que mais gosto.

Vê aqui os temas gratuitos para Blogger de que mais gosto.

Configurar a homepage e páginas internas

A homepage do teu blog será provavelmente uma lista dos últimos artigos mas não só disto vive um blog. Certifica-te que configuras a tua barra lateral, o rodapé, as opções do menu e também a página “Sobre” e a página “Contactos”, extremamente importantes. Lembra-te também de colocar os ícones e links das tuas redes sociais num sítio bem visível assim como o endereço de email.

Criar categorias

As categorias de um blog são algo de alta relevância. Afinal de contas é assim que as pessoas vão poder perceber exatamente do que trata o teu blog e também encontrarem os conteúdos que querem ler. Um blog deve ter entre 3 a 6 categorias, no máximo, e estas devem ser extremamente explícitas. Ou seja, cada categoria deve ser facilmente distinguível das restantes e auto-explicativa de forma a que o utilizador, à partida, saiba exatamente o que vai encontrar lá dentro. Não te esqueças de colocar as categorias no menu do teu blog.

Criar conteúdo

Nenhum blog deve ser lançado vazio – e não, não deves criar um artigo de boas vindas ou de apresentação! Cria pelo menos um artigo para cada uma das categorias do menu, num total de 6 artigos. Este é um ótimo ponto de partida. Coloca estes artigos online e só depois o teu blog estará pronto a ser lançado. Tenta que este conteúdo seja super relevante, diferente e muito apelativo, para começares com o pé direito e deixares logo todos os leitores super interessados em verem o que vem a seguir.

Instalar o Google Analytics

A maioria das plataformas têm a possibilidade de integrares o teu blog com o Google Analytics, a ferramenta gratuita da Google que te permite uma análise profunda às estatísticas do teu site. Sem saberes exatamente quantas visualizações tens, de onde vêm e quais os conteúdos mais populares (entre milhares de outras coisas que esta ferramenta permite) como podes tomar decisões estratégicas para o teu projeto? Se tens o teu blog em WordPress, segue este tutorial e se tens o teu blog em Blogger segue este tutorial.

Chegando aqui o teu blog está criado e pronto a ser lançado.

E agora?

Agora que já terminaste de criar um blog passo a passo é hora de criares rotinas para gerires o teu projeto. Define quantas vezes vais publicar por semana (aconselho entre 1 a 3 artigos semanais), em que redes sociais te vais apoiar para o divulgar e toda a gestão e manutenção que ele necessita diária, semanal e mensalmente.

 

0

Comentários

Como criar um blog passo a passo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Agir com estratégia é essencial para quem se quer diferenciar.



Subscreve e recebe as melhores dicas
de MARKETING DE INFLUÊNCIA


.

Recursos grátis

  • kit para parcerias com marcas
  • 572 ideias de conteúdo
  • planner de artigo de blog

entra em contacto