Como planear conteúdo para um blog ou canal de Youtube

como planear conteúdo para um blog ou canal de youtube
5 min

Saber planear conteúdo para um blog ou canal de Youtube é um dos maiores segredos dos influenciadores digitais de sucesso. Afinal de contas, sem bom conteúdo não há comunidade que te valha.

A maior parte das pessoas com quem me tenho cruzado têm um de dois problemas no que toda à criação de conteúdo para os seus projetos: ou têm demasiadas ideias e gostos tão variados que não se conseguem concentrar num só nicho, ou já definiram um nicho mas têm dificuldade em ter ideias para publicar regularmente.

Mas como é que podes fazer esse planeamento de forma eficaz e que te facilite o dia a dia durante todo o ano? É disso que vou falar hoje!

 

Como planear conteúdo para um blog ou canal de Youtube

 

Compreende o teu propósito

O teu projeto deve ter um propósito. Quando estás a planear conteúdo para um blog ou canal de Youtube esse propósito deve estar bem presente. O que estás a tentar alcançar com o teu projeto? Por exemplo, a Bloglogia tem como objetivo trazer conhecimento sobre marketing de influência e motivação a bloggers, youtubers e instragrammers. Quando publico algo pretendo sempre que quem me lê retire uma informação útil ou força para se dedicar aos seus projetos. Pretendo, também, vender os meus produtos, que por si têm também o objetivo de trazer conhecimento. Isso significa que não publico sobre o que fiz no fim de semana ou o novo batom do momento, esse conteúdo não reflete o meu propósito e não interessa à larga maioria dos meus seguidores. Quando planeio o meu conteúdo, concentro-me apenas nos temas que vão educar e motivar a minha audiência de formas relacionadas com o meu propósito.

 

Foca-te num nicho

Sinto que começa a ser a minha imagem de marca esta de falar de nichos de mercado. Mas nunca é demais dizer: PRECISAS DE TE FOCAR NUM NICHO! E porquê? Porque cada vez há mais oferta no mercado e as pessoas começam a demonstrar muito mais interesse e lealdade a quem se posiciona como autoridade em determinada temática. Se tens um blog em que falas sobre tudo o que acontece na tua vida e publicares um artigo sobre uma viagem xpto que acabaste de fazer, eu até posso ler o artigo se tiver criado alguma empatia contigo, mas não vou confiar tão facilmente nas tuas sugestões e provavelmente não clicarei nos teus links de afiliado. Por outro lado, se o teu blog for apenas de viagens, vou começar a achar que és uma expert da matéria, que se me estás a dizer que o melhor website para reservar voos é aquele, então vale a pena dar uma oportunidade. Esta é uma atitude muitas vezes inconsciente, mas que é comum à maioria dos seres humanos e é com isso que tens de jogar.

Escolhe um tema que adores, pesquisa o máximo que conseguires sobre o assunto e escreve artigos que resolvam problemas reais de quem te segue, relacionads com esse tema. Se souberes exatamente sobre o que tens de escrever, é muito mais fácil perceberes o teu propósito e te concentrares no conteúdo.

 

Lê também

7 nichos de blog que dão dinheiro em Portugal

planner artigos de blog

 


.

Conhece a tua audiência

Mas não importa só ter um tema. Quem é que se interessa por esse tema? Qual a prespetiva que queres dar desse tema? Eu escrevo sobre marketing digital, poderia abranger desde marcas grandes a pequenos negócios, alunos de marketing e também criadores de conteúdo. E sim, até posso ter pessoas de todas essas áreas a ler-me, mas 99% dos meus conteúdos são exclusivamente para criadores de conteúdo. Essa é a minha audiência, esse é o segmento de mercado que eu escolhi. Saber quais são os problemas e os desejos dos criadores de conteúdo digital é o meu principal papel antes de planear conteúdo. O mesmo se aplica a ti. Para quem é que vais comunicar? Antes de planear conteúdo para um blog ou canal de Youtube tens de conhecer profundamente a tua audiência, só isso conseguirás tornar-te útil e relevante e atrair uma comunidade fiel e em crescimento.

 

Cria um horário que funcione para ti

Grande parte das pessoas que entram no meu Programa de Mentoria julgam que não ter uma periodicidade definida para cada uma das plataformas é um grande problema. Sim, deverás definir, com base no teu tempo livre, quantos artigos queres/consegues escrever no blog por semana, quantas publicações consegues em cada rede social, etc. MAS, mais do que teres uma periodicidade definida para publicar, é indispensável teres um agendamento de dias e horas em que vais PRODUZIR CONTEÚDO. Sem essa rotina, quando chegar ao dia de publicar não tens nada feito. Nunca sabes o que poderá acontecer durante a tua semana. Podes ficar doente, podes ter alguma coisa extra que te impeça de trabalhar no blog. Então, quanto mais disciplinada fores no teu horário de trabalho para o blog, melhor irá correr.

Trabalhares em blocos mais alargados de tempo costuma ser mais produtivo. Ou seja, é preferível que reserves a manhã de sábado para criar conteúdo para toda a semana, ou até para 15 dias, do que trabalhares apenas uma hora em vários dias da semana. Porquê? Porque quando estás com a mão na massa tudo flui mais depressa. Os websites já estão abertos, o mindset já é o certo, estás focada, e isso irá permitir que escrevas mais, fotografes mais, estejas mais inspirada.

O horário que reservares para trabalhar no teu projeto deve ir para a tua agenda e deve ser respeitado religiosamente. Imagina que esse horário está reservado para a entrevista para o teu emprego de sonho. Irias faltar? Só se acontecesse uma catástrofe, algo mesmo muito muito grave. Então é assim que deves encarar esse bloco de tempo. Por muito tentador que seja acordar tarde, ir ao cinema ou jantar fora, deves fazê-lo fora deste período. Logo à partida podes escolher este período de trabalho para horas mais mortas – no meu caso, enquanto trabalhava, fazia-o ao domingo das 7h às 11h, pois no dia anterior já tinha dormido mais um pouco e reposto energias e nesse horário normalmente nunca tinha planos, aliás, quase toda a gente ainda estava a dormir.

 

Usa ferramentas para te organizares

Há dezenas de ferramentas úteis para planear conteúdo para um blog ou canal de Youtube, desde ferramentas para guardar ideias até autênticos monstros de planeamento de projeto. No meu caso, uso o Pinterest para pesquisar ideias, o Google Keep para guardar os links daquilo que mais me interessa, um planner em excel criado por mim [que te disponibilizo para download gratuito no fim deste artigo] para organizar o conteúdo, o Google Calendar para criar alarmes tanto para os dias em que tenho de produzir conteúdo como para os dias de publicação e a minha agenda em papel para apontar as tarefas do dia a dia. Poderás também usar apps como o Evernote, o Trello e até plugins de WordPress como o Editorial Calendar ou o CoShedule.

 

A falta de um planeamento, de um propósito e de ideias alinhadas é o que faz a maioria dos criadores de conteúdo perder a motivação e desistir. Para que isso não te aconteça, encara o teu projeto como um negócio desde o primeiro dia, não importa o tamanho ou o número de seguidores. Comporta-te como uma profissional, leva as coisas a sério, planeia, trabalha com antecedência, agenda conteúdo para estares mais descansada e no fim vais ver que esse empenho vai trazer resultados mais rápido do que esperavas. Planear conteúdo para um blog ou canal de Youtube não é assim tão difícil, mas dá algum trabalho e quanto mais cedo começares a fazer disso uma rotina menos stress te irá causar e mais eficiente será o processo.

 

Lê também:

 

0

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Agir com estratégia é essencial para quem se quer diferenciar.



Subscreve e recebe as melhores dicas
de MARKETING DE INFLUÊNCIA


.

Recursos grátis

  • kit para parcerias com marcas
  • 572 ideias de conteúdo
  • planner de artigo de blog

entra em contacto